Espadim de 1969

Espadim 1969

Enfim, a Formatura!

Tu MMM 72

ATENÇÃO VETERANOS 1972! Você sabia que... o Velho Brito recebeu uma homenagem nossa? Pois é! Veja o por que no texto abaixo!

Comente este artigo!

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Nossa Homenagem ao Velho Brito (VB)

 

Brasília-DF, 25Ago2020

 

A união dos integrantes da TuMMM72 é, entre outros motivos, resultante da incansável dedicação do Milton Carpena de Brito, o saudoso Velho Brito, ao nosso site (página) na internet, criado pelo Ângelo (Kbça) e Cardosinho, por volta de 1987, e recuperada pelo Velho Brito, após o período que permaneceu fora da internet.

Desde essa recuperação do site até responder ao Pernoite no Céu, o Velho Brito dedicou-se, incansavelmente, à TuMMM72 e à manutenção, à atualização, à preservação e à gestão da Nossa Página na internet.

O Velho Brito, usando a filosofia definida pela palavra africana Ubuntu, que tem diversos significados, entre eles, "Humanidade para os outros" ou "Sou o que sou pelo que nós somos" ou "uma pessoa é uma pessoa por meio de outras pessoas", conseguiu reunir, na Nossa Página, informações e dados pessoais dos integrantes da TUMMM72, quer tenham sidos declarados aspirantes em 16Dez72 ou não.

Ele dizia, com frequência, que a união da nossa TuMMM72 é como uma espécie de fogueira. Se uma única brasa for para longe, ela vai esfriar, o fogo apagará e o carvão vai ficar escuro. Mas, se você pegar um carvão que perdeu seu fogo e colocá-lo de volta na fogueira, ele acenderá novamente. A preocupação permanente do Velho Brito era nos manter unidos!

Como testemunha ocular dessa dedicação do Velho Brito à nossa TUMMM72, propus, e feito aprovado pelos Guardiões e integrantes das nossas reuniões ocorridas em Brasília (Fev/2020) e CNTP (Mar/2020) uma homenagem a ele semelhante a que foi feita a Benjamim Constant pelo Exército Brasileiro. Assim, ficou acordado que nas nossas reuniões mensais, por ocasião da leitura e comemoração dos aniversariantes do mês, no dia 22 ele também será lembrado com aniversariante in memoriam.

Em contato recente com a Graça, esposa do Velho Brito, falei desta nossa homenagem e ela me enviou o texto logo abaixo.

Acredito que o Velho Brito esteja muito feliz com essa nossa homenagem a ele!

 

Wankes Ribeiro

 

Mensagem da Graça Brito

Senti-me muito feliz pela homenagem e reconhecimento da proposta do amigo de turma, amigo Wankes.

Homenagear o Brito todo dia 22 de cada mês, dia do nascimento dele num sentimento de recordar a vida de quem fez algo diferente com dedicação e muito amor com o propósito de unir a turma MMM/72.

A ideia, disse ele, foi espelhada na homenagem do Exército Brasileiro a Benjamim Constant, que manteve, ad infinitum, seu nome na 7ª posição, na relação dos Gen Bda, no Almanaque dos Oficiais do Exército.

Pensei! Seria um pretensioso e ousado desejo? Então vieram outros sentimentos... pude perceber uma maneira sincera e de agradecimento por quem realmente se debruçou sobre uma ideia já nascida, mas que a fez crescer e realizar atitudes concretas. Emocionei-me! porque fui a maior testemunha das muitas horas de trabalho do Brito em prol de um sonho que ele acreditou ser possível realizar e que poderia acontecer por meio do conhecimento e da tecnologia, que ele muito se identificava. Ele abraçou essa causa como uma missão de servir no mais profundo sentido!

Lembrei, também, da Palavra de Jesus, que falava em parábolas, de maneira simples para que todos percebessem a essência. Então me veio a parábola do Semeador! Lançou as sementes; umas cresceram e deram bons frutos outras não. Por quê? Lançadas em terras boas, e a Turma 72 foi uma terra fértil e adubada, as sementes frutificaram e deram bons frutos.

A construção de uma união é uma obra que necessita esforço. A amizade é uma riqueza indispensável na vida do ser humano; para isso é preciso ter paciência e muita perseverança - duas qualidades vivenciadas pelo Brito. Ele gostava de desafios e talvez por isso muito polêmico. Acompanhava os jornais e antes de ir para a AMAN leu mais de 100 livros no ensino médio; terminou em primeiro lugar na turma em São Paulo. Como Cadete gostava muito dos esportes: corrida, jogar bola, driblar no futebol... como já era acostumado a driblar na vida as dificuldades e tudo que conseguia nas horas vagas, que eram poucas. Como oficial, além do futebol, vôlei, peteca e, mais tarde, o tênis que aí a bola era menor e podia jogar em família. Aprendizado prazeroso. Os estudos e a tecnologia o deixaram apaixonado, a partir do IME, do mestrado e dos cursos no exterior. Penso que a partir daí foi tendo menos tempo para a bola e mais para a tecnologia e, a meu ver, criar algo interessante seria muito bom para todos! Aí a página da turma. Difícil unir gregos e troianos em todas as relações. Formaram uma pequena equipe e aí começaram a trabalhar as ideias. Para isso seria necessário colher vários dados e fazer um julgamento positivo para atingir o grande objetivo – unir a Turma 72. Foi exatamente o que aconteceu: encontros, união, amizades alimentadas, ajuda aos mais afastados dos grandes centros, novas ações que geraram muitas alegrias. Os coronéis viravam Cadetes quando estavam juntos, recordações diversas. Momentos de alegrias.

Confesso que com saudades participei das viagens e alguns encontros preparativos com parceiros que muito ajudaram a regarem as sementes. Conclui que é melhor fazer do que não fazer. Muitas lembranças ficaram e muitas saudades da nossa caminhada na mesma direção. Sentimos Deus conosco o tempo todo porque foi uma vida em busca do bem e aprendemos aceitar a vontade do Pai. Que o Brito esteja na glória eterna, no reino de Deus e que a sua Turma continue se encontrando, para aprofundarem as amizades e o aprendizado. Nada melhor para o entendimento do que um bom diálogo maduro, diverso e respeitoso com os amigos que viveram no mesmo caminho.

Deixo os meus agradecimentos, sem citar nomes, aos que estiveram juntos até no final de sua batalha; cada um sabe do que compartilhou na sua caminhada.

Para mim e para os filhos, o Brito foi um herói e vencedor em todos os campos que precisou lutar.

Eternamente amado por mim, filhos e netos.

Grata a Deus e a família 72.

Graça Brito

Nosso Patrono

Marechal Mascarenhas de Moraes

Login da Turma

Caro integrante da Tu MMM 72 seu usuário: nome de guerra na AMAN e sua senha inicial é nome de guerra + nr de cadete. Efetue Login e altere sua senha:

207 Anos - AMAN

207 Anos Formando Líderes

Maceió - AL

Mergulhar no azul piscina!

Aniversariantes

  • 25  RONALDO DA CRUZ PECORA
     RONALDO DA CRUZ PECORA 78
     
    * Daqui a 1 dia!

  • --------------------------------------------

  • 26  HELBETH LISBOA DE OLIVA
     HELBETH LISBOA DE OLIVA 73
     
    * Daqui a 2 dias!

  • --------------------------------------------

  • 26  JAYME CABRAL DE MENEZES FILHO
     JAYME CABRAL DE MENEZES FILHO 76
     
    * Daqui a 2 dias!

  • --------------------------------------------

  • 27  ROBERTO CARLOS FIGUEIREDO GARCIA
     ROBERTO CARLOS FIGUEIREDO GARCIA 74
     
    * Daqui a 3 dias!

  • --------------------------------------------

  • 29  CESAR BENEDITO DE SOUZA MENDES
     CESAR BENEDITO DE SOUZA MENDES 73
     
    * Daqui a 5 dias!

  • --------------------------------------------

  • 30  CEZAR AUGUSTO RODRIGUES LIMA
     CEZAR AUGUSTO RODRIGUES LIMA 74
     
    * Daqui a 6 dias!

  • --------------------------------------------

Feed de Notícias

Alexandre Garcia

O conhecido e respeitado comentarista político Alexandre Garcia é Voz na Gazeta do Povo. Acesse e leia suas análises exclusivas!

Blogs da Tu MMM 72

Visitantes